SINDICATO DOS TRABALHADORES DE SERVIÇOS DE PORTARIA, VIGILÂNCIA, LIMPEZA, DOMÉSTICAS E ACTIVIDADES DIVERSAS


 POR MOTIVO DA ÉPOCA PASCAL, EXCEPCIONALMENTE DIA 18/04/20 NO PERIODO DAS 14.00H ÀS 18.00H. AGRADECEMOS A VOSSA COMPREENSÃO. 

BOA PASCOA!

Na continuação da discussão na Assembleia da Republica das alterações à Lei da Segurança Privada, que foi votada no passado dia 4.01.2019 e que baixou à Comissão Especializada para  discussão, o STAD reuniu hoje com os Grupos Parlamentares do PCP, PSD e PS, para apresentar na discussão na  especialidade as principais posições dos trabalhadores ( ver documento em anexo, comunicado nº. 03/2019).

A reacção da generalidade dos deputados foi positiva, estamos à espera da confirmação dos pedidos de audiência dos restantes Grupos Parlamentares.

O STAD CONTINUA A DEFENDER OS INTERESSES DOS TRABALHADORES

A partir de 1 de janeiro de 2019, entrou em vigor o Salário Minimo Nacional (SMN) de 600 euros!

Este é o nosso salário base a partir de Janeiro (para um horário de 40H) – mas é muito pouco!

Nós, trabalhadores e trabalhadoras de Limpeza Industrial exigimos aos patrões 650 euros mensais, no minimo, e o nosso Contrato Colectivo de Trabalho (CCT)!!

Sim, nós exigimos aos patrões o nosso CCT porque é nele que existem as nossas categorias profissionais, os nossos salários, a tabela com os vários niveis salariais e os nosssos direitos!

VENCEREMOS! BOLETIM DO STAD PARA OS TRABALHADORES DO SECTOR DAS LIMPEZAS INDUSTRIAIS

 9N0V limpeza industrial 05

 

Câmara Municipal de Gondomar:

  •  piscinas de Gondomar - S. Cosme, Fânzeres, Rio Tinto, Medas, Valbom, S. Pedro da Cova e Baguim
  • Biblioteca; ●Pavilhão Multiusos e outros pavilhões

As trabalhadoras limpeza industrial da empresa Byeva estão em luta dia 1 de Fvereiro.2019,  6ª feira, pelo pagamento do salário no último dia útil de cada mês.

  •  Greve de 24 horas
  •  Concentração entre as 9.30h/12.30h (em frente à porta principal da câmara municipal)

LER NOTA AOS ORGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

cart equipment clean

Cerca de 30 funcionárias que prestam serviços de limpeza à universidade cumpriram um dia de greve por atrasos no pagamento de salários por parte da empresa concessionária.
"Esta empresa [Byeva, uma unipessoal com sede em Leiria] passou a ser concessionária de serviços de limpeza na Universidade em agosto e, de então para cá, não houve mês nenhum que pagasse o salário atempadamente", disse à agência Lusa Armindo Carvalho, do Sindicato dos Trabalhadores de Serviços de Portaria, Vigilância, Limpeza, Domésticas e Atividades Diversas (STAD), afeto à CGTP.
FONTE: SÁBADO (online)

sabado

 

© 2018 STAD - Sindicato dos Trabalhadores de Serviços de Portaria, Vigilância, Limpeza, Domésticas e Actividades Diversas