SINDICATO DOS TRABALHADORES DE SERVIÇOS DE PORTARIA, VIGILÂNCIA, LIMPEZA, DOMÉSTICAS E ACTIVIDADES DIVERSAS

O STAD saúda todos os trabalhadores e trabalhadoras da empresa SUCH-Talenter em luta nos dias 4,5,7,9, de julho: Forte greve e grandiosas concentrações em frente aos hospitais:

• Centro da Universidade de Coimbra;

• Hospital Garcia de Orta, Almada

• Centro Hospitalar Viseu/Tondela

Camarada,

A nossa luta de Julho teve um forte apoio da Classe Trabalhadora, com uma forte adesão á greve e uma grande participação nas concentrações que se realizaram em frente aos Hospitais de Coimbra, Almada e Viseu! Os trabalhadores e trabalhadoras demonstraram mais uma vez que estão prontos a lutar contra a actuação dasuch-talenter e contra os roubos que estão a fazer no valor do subsídio de alimentação e contra o não pagamento dos feriados de valor igual ao que o such sempre pagou no passado.

As trabalhadoras de limpeza hospitalar também têm o STAD na primeira linha do combate à pandemia e não aceitam perder os direitos que foram adquiridos ao longo dos anos.

O STAD após esta nossa luta já solicitou ao ministério do trabalho uma nova reunião com a SUCH-Talenter. O STAD, nesta reunião pretende, mais uma vez, tentar resolver com a SUCH-Talenter o conflito que a mesma criou ao não cumprir com os direitos que os trabalhadores adquiriram ao longo dos anos e agora a empresa não quer cumprir.

Jamais aceitaremos que nos retirem direitos adquiridos ao longo dos anos.

Recordamos que o STAD desde a primeira hora tem tentado resolver esta situação ciada pela SUCH-Talenter – e somente continuamos o nosso combate porque intransigentemente esta empresa não quer resolver o conflito.

É muito fácil acabar com o conflito – é devolver aos trabalhadores o que lhes foi roubado, seja o subsídio de alimentação seja o pagamento do trabalho em feriados. Queira a SUCH-Talenter acabar com o conflito e ele acabará imediatamente quando a empresa se comprometer por escrito que vai respeitar os direitos adquiridos - e cumprir depois.

Assim que a reunião que foi pedida ao ministério do trabalho se realize, o STAD comunicará aos trabalhadores o que se passou e, como sempre, estamos disponíveis para, através do diálogo social, resolver os problemas dos trabalhadores - é só a SUCH-Talente querer!!

Mas desde já informamos que, se a SUCH-Talente não resolver o conflito que ela mesma criou, os trabalhadores e o STAD vão continuar a lutar até que as reivindicações dos trabalhadores sejam satisfeitas.

Os trabalhadores estão sempre disponíveis para continuar a lutar até que as suas justas reivindicações sejam satisfeitas pela empresa e os direitos adquiridos sejam repostos

Viva a justa luta dos trabalhadores de limpeza hospitalar nos hospitais de Coimbra, Almada e Viseu contra a SUCH-Talente!

A luta continua - venceremos!

Ler Saudação do STAD aos trabalhadores e trabalhadoras da empresa SUCH-Talenter

 STAD saúda todos os trabalhadores e trabalhadoras da empresa SUCH Talenter

Dezenas de trabalhadores da limpeza do Hospital Universitário de Coimbra protestaram esta manhã. Queixam-se de terem perdido direitos depois de passarem a prestar serviço através de uma empresa subcontratada pelo hospital. Exigem o subsídio de alimentação por inteiro e ganhar o dobro pelo trabalho ao feriado e o fim de semana. Declarações Vivalda Silva, coordenadora nacional do STAD.
SIC - Primeiro Jornal

Ver Fotos da concentração de protesto dos trabalhadores da Talenter no SUCH dos hospitais de Coimbra, para exigir a actualização do subsídio alimentação para 3.50 euros por dia, defender os direitos adquiridos, conquistados ao longo de anos de luta e sacrifício, e protestar contra o trabalho precário.

SIC taleter coimbra

Aos trabalhadores e trabalhadoras do SUCH – Talenter nos hospitais

Porque como, em reunião no Ministério Trabalho, estas empresas continuaram intransigentemente a recusar resolver o problema laboral que criaram, os trabalhadores decidiram uma nova.

Jornada Nacional de Luta: quatro dias de greve nos hospitais 4, 5, 7 e 9 - Julho - 2021

Hospitais de Coimbra (CHUC) - Greve dias 4 e 5 Julho
Concentração - dia 5 - das 10h às 12,30h
Frente ao Hospital da Universidade;

Hospital Garcia de Orta / Almada – Greve dia 7 Julho
Concentração – dia 7 - das 10h às 12,30h
Frente ao Hospital Garcia de Orta / Almada.

Centro Hospitalar Viseu-Tondela - Greve dia 9 Julho
Concentração - dia 9 - das 10h às 12,30h
Frente ao Hospital de Viseu

  •  Pela actualização do subsídio alimentação para 3.50€ / dia!
  •  Pelos direitos adquiridos que não podem ser roubados!
  •  Contra o trabalho precário!

A luta continua – Venceremos

Jornada Nacional de Luta quatro dias de greve nos hospitais 4 5 7 e 9 Julho 2021 2

Aos trabalhadores e trabalhadoras de limpeza da empresa Climex no local de trabalho TAP-Instalações

CONVOCATÓRIA - REUNIÃO GERAL DE TRABALHADORES

PLENÁRIO
• DATA – DIA 06/07/2021 – 3ª. FEIRA
• HORÁRIO ---- Manhã, das 09:30H ÀS 11:30H
• HORÁRIO ----Tarde, das 16:30H às 18:30H

CAMARADA

Para que possas tirar dúvidas sobre vários assuntos, em concreto sobre as transferências que a empresa Climex está a fazer no local de trabalho, as quais não cumprem com a cláusula 14ª nº 3 do CCT do sector das limpezas industriais, o sindicato convoca-te para o plenário que se irá no teu local de trabalho em dia e hora acima referida.

Deves participar neste plenário para que todos em conjunto possamos decidir as possíveis lutas a fazer contra esta actuação da empresa, de transferir trabalhadores para mais longe da sua residência, sem se importar com a vida pessoal de cada trabalhador e sem querer saber se há ou não transporte quando os mesmos saem do trabalho.

Por tudo isto e hoje é pelas colegas que já foram transferidas, mas amanhã será por ti,

A TUA PARTECIPAÇÃO É IMPORTANTE, CONTAMOS CONTIGO!

TODOS UNIDOS E ORGANIZADOS NO STAD – O SINDICATO DOS TRABALHADORES DO SECTOR DA LIMPEZA INDUSTRIAIS

Ler Comunicado do STAD aos trabalhadores e trabalhadoras de limpeza da empresa Climex no local de trabalho TAP-Instalações

Na elevada adesão à greve do dia 14 de Junho e na forte participação na concentração que se realizou em frente ao Hospital de São José, os trabalhadores da Sá Limpa demonstraram que estão empenhados em levar de vencida a luta contra a actuação da empresa e contra os roubos que está a fazer, no valor do subsídio de alimentação e de risco, e exigem o pagamento dos feriados.

Após a jornada de luta do dia 14 e Junho, o STAD requereu ao Ministério do Trabalho uma reunião entre a Sá Limpa e o STAD onde pretende, mais uma vez, resolver com a Sá Limpa o conflito que a empresa criou ao violar os direitos pelos quais os trabalhadores lutaram e adquiriram ao longo dos anos.

Assim que a reunião no Ministério do Trabalho se realize, o STAD marcará de imediato plenários no local de trabalho para dar conhecimento dos resultados.

Se a Sá Limpa, nessa reunião, não quiser resolver o conflito, a luta irá continuar.

Ler Saudação do STAD aos Trabalhadores da Sá Limpa no Hospital de São José

Saudação Sá Limpa Hospital de S. José

 

Os trabalhadores e trabalhadoras da empresa Ambijardim II, depois de vários dias de desespero, já começaram a receber o salário de maio.

A greve convocada para os dias 21 e 22 junho não se realizará.

Mas, contra as ilegalidades da Ambijardim II, à cautela, preparemos uma próxima greve entre os dias 1 – 11 de julho, se, no final do mês, não houver salário.

A nossa luta é para obrigar a Ambijardim II a respeitar os direitos dos trabalhadores, especialmente o pagamento dos salários no final de cada mês.

Exigimos o pagamento dos salários no último dia útil de cada mês.

Exigimos o cumprimento da lei e do Contrato Colectivo de Trabalho.

Temos dignidade – exigimos respeito!

LER COMUNICADO AOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS DA EMPRESA AMBIJARDIM II

AMBIJARDIM

 

Os trabalhadores de limpeza hospitalar da empresa Sá Limpa a prestar serviço no Hospital de S. José, em Lisboa, estiveram esta manhã concentrados em frente a entrada principal do hospital, em luta pelo pagamento dos feriados conforme o Contrato Colectivo de Trabalho assinado pelo STAD, os trabalhadores e o sindicato recusam a posição da empresa, que pretende trocar o pagamento do feriado trabalhado por descanso compensatório. Exigem também o cumprimento do Acordo de Condições Específicas e o aumento do subsídio de alimentação e de risco.

Concentração dos Sá Limpa a prestar serviço no Hospital de S. José

Pág. 1 de 17

Sede Lisboa

© 2018 STAD - Sindicato dos Trabalhadores de Serviços de Portaria, Vigilância, Limpeza, Domésticas e Actividades Diversas